Bases Filosóficas

O Kendô tem suas bases sustentadas por três pilares filosóficos: o Shintoísmo, o Budismo e o Confucionismo.

O Shintoísmo é a religião original do povo japonês. É essencialmente panteísta, ou seja, reconhece a divindade em tudo que existe na natureza. Desta forma, o Shintoísmo nos ensina a respeitar e zelar pela natureza e o meio-ambiente.

O Budismo é a religião oficial do povo japonês. Tem como elementos mais característicos a idéia da reencarnação e o conceito de ‘causa-e-efeito’. Com o Budismo, aprendemos a respeitar e zelar pela família e antepassados. Num contexto mais abrangente, ‘família’ e ‘antepassados’ ganham o significado de ‘amigos’ e ‘professores’, ou seja, todas as pessoas que nos cercam.

O Confucionismo é mais uma filosofia política do que religião. Dela podemos abstrair que devemos respeitar, zelar e trabalhar pelo bem estar da nossa comunidade, sociedade e país.

Neste sentido, os esforços realizados cotidianamente por todos nós para colaborar com o aprimoramento dos serviços prestados à sociedade, alinham-se com os mais nobres princípios que devem ser seguidos pelos praticantes de Kendô.

Institucional
Introducao Historia
1 2 3 4 5 6 7 Contato VerMapa